Pages

segunda-feira, 29 de junho de 2015

E agora, Dom Sebastião? Arquidiocese de São Luís emite nota repudiando tratamento intempestivo e o acolhimento inóspito de Flávio Dino dado ao Pe. Roberto Perez Cordova

Por IDALGO LACERDA - Pelo visto, só falta agora o Reverendíssimo Dom Sebastião Bandeira Coelho da Diocese de Coroatá tomar as suas deliberações e posicionar-se quanto ao tratamento intempestivo e o acolhimento inóspito do Governador Flávio Dino (PCdoB) dado ao Pe. Roberto Perez Cordova.

Além do mais, que fique bem claro! A Diocese de Coroatá tem sob a sua égide eclesiástica cerca de 16 Paróquias e 22 municípios, o que reúne aproximadamente 555 mil habitantes. É um número bem expressivo e, nem tampouco deixar-se à-toa para ser desprezado por qualquer político do tipo marinheiro de primeira viagem, a fim de subestimar sua liderança e força religiosa.

A Arquidiocese de São por meio da Comissão de Justiça e Paz, emitiu nota repudiando veementemente a atitude do Chefão Comunista que, quando, precisou de apoio e da ajuda de todas as suas Pastorais para contribuir em seu processo eletivo para o cargo de Governador. As mesmas não hesitaram nem mediram esforços e foram para cima de todos que eram contra a maldita 'mudança'.

Quando, agora, eis o troco amargo! Que é pior do que o sabor do fel com vinagre provado por Nosso Senhor Jesus Cristo, quando pediu água aos soldados romanos nos últimos momentos em que agonizava no Gólgota ao dar o seu suspiro final!!!

O que fora dito pelo comunista e pagão Flávio Dino (PCdoB) é pior do que uma simples ofensa como quer propagar e atenuar a grande imprensa maranhense. O termo correto é 'expulsão' ao chamar o árduo trabalho da Pastoral Carcerária de 'mensaleiro'.

Um trabalho que deve ser reconhecido de forma meritória por todos que integram o sistema penitenciário do Estado do Maranhão. Aqui não podemos deixar de incluir, os tentáculos do Poderes Judiciário e Executivo e, pincipalmente, quem os prova e declara são os próprios apenados e apenadas que estão encarcerados até o dia em que cumprirem com suas penas!!!

como sempre é egoísta e de fino trato, o ateu e pagão Governador Comunista, não reconhece o trabalho de quem quer que seja!

Afinal de contas, a sua intenção é a de fundar no Estado do Maranhão uma República Comunista nos moldes de Cuba e Coreia do Norte!!!

Aqui nesse blog sempre havíamos informados que as Igrejas Católica e Evangélica estavam de braços dados com Belzebu, o filho do Capeta. Mas não se aluíram para a gravidade e o grande erro que seriam cometidos por ambas instituições religiosas!!!

Mais uma vez com a palavra, Dom Sebastião bandeira Coelho! Os fiéis aconselhados pela Igreja Católica querem ter uma resposta convincente e plausível diante dessa pecha, mácula e calúnia atribuída pelo chefão comunistas aos seus discípulos religiosos!!!!

Que isso sirva de alerta geral para a Igreja Católica e aos seus fiéis para a as próximas eleições em 2016!!!

No caso da expulsão do Pe. Roberto Perez Cordova: O que diria o Bispo Dom Sebastião Bandeira Coelho da Diocese de Coroatá a Flávio Dino?!?

Por IDALGO LACERDA - Quem pensou que o então candidato ao Governo do Estado do Estado fosse um cristão batizado, enganou-se por completo! Eis agora, a resposta dada, através de um ato nefasto e desrespeitoso praticado pelo hoje, Governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) eleito com os votos de todos aqueles com quem acordou, ora prometendo o céu e o inferno a troca de votos durante sua campanha política em 2014.

O  que deixa claramente que é ateu e pagão. Não acredita em DEUS! No entanto, a Diocese de Coroatá uniu-se e o apoiou impiedosamente, através de todas as suas pastorais. Pois, tratava-se e uma 'mudança' em que o pobre teria vez e voz e as desigualdades sociais seriam banidas do Estado do Maranhão. As mazelas sociais, econômicas e educacionais  ocasionadas pelos então governos anteriores não fariam mais parte do contexto estadual com o slogan de "terra arrasada". A política do "quanto pior, melhor" utilizada em seu "Diálogos pelo Maranhão" imperou, deitou e rolou. Agora, tais diálogos estão escamoteados, deixados de lado!!!

Mas, o culpado de tudo isso é uma boa parte da Igreja Católica do Estado do Maranhão que o ajudou e o apoiou. Sabemos que os presos não são obrigados a votar, mas seus familiares, sim! Eles votaram e votam por intermédio de seus familiares em quem for mandados a votarem!!

Para isso, a Pastoral Carcerária do Estado estabeleceu esse elo entre os oprimidos que encontravam-se dentro de cárceres com os então candidatos, aqui posicionados do lado de fora. Ou seja, a Pastoral Carcerária achou por bem semear e incutir em suas cabeças as plataformas do futuro governo para comandar o Maranhão. Pois, a tal 'mudança' passou a ser vendida a todo vapor!!!

Como se não bastasse, o Governador Flávio que é um 'neófito político de pouquíssimo fino tato', resolveu logo de cara dar um cala boca em definitivo no padre Roberto Perez Cordova, representante da Pastoral Carcerária de São Luís, que reivindicara a manutenção do salário de R$ 2.376,00, que recebia como funcionário terceirizado por prestar serviços no Centro de Detenção Penitenciária Agrícola de Pedrinhas, que eram pagos pelo então Governo do Estado!!!

Perguntar não ofende!!!

Pelo visto, perguntamos ao Bispo Dom Sebastião Bandeira Coelho: Será que a Igreja Católica é tão unida assim em torno de todos os seus membros? A Diocese de Coroatá vai deixar por menos essa execração pública do Pe. Roberto Perez em detrimento de preservar os seus interesses junto ao Governador Flávio Dino? O Bispo continuará apoiando o pré-candidato comunista como candidato a refeito de Coroatá para as próximas eleições?

É sabido que o pré-candidato quase todos os dias toma café, almoça e janta com o Bispo Dom Sebastião! Tem entrada garantida a qualquer hora do ida e da noite na Casa Episcopal. Tem direito a tomar sorvete de abacate, café com torradas e patês de todas as marcas! Quando não, um simples cafezinho com água gelada!!!

Fica aí provado que o relacionamento com todas as demais entidades de classes sociais, com as quais o então candidato Flávio Dino manteve durante a campanha, começa a deteriorar-se quando sentiu o gosto de que realmente, como Governador do Estado pode mandar bater, prender, expulsar e ditatorialmente ser o Professor de DEUS!!!


E agora, Bispo Dom Sebastião Bandeira Coelho??? Vai que a palavra é sua! Com a palavra o Reverendíssimo Representante da Diocese de Coroatá!!!

domingo, 28 de junho de 2015

O Maranhão esperava outra postura do governador

ASSEMBLEIA HUMILHADA. GOVERNO USA DE CHANTAGEM E  RETALIAÇÃO PARA MANTER SUBJUGADOS AOS SEUS INTERESSES OS DEPUTADOS ESTADUAIS QUE SÓ TERÃO ACESSO AOS RECURSOS DE APLICAÇÃO VOLUNTÁRIA DO ORÇAMENTO E DIREITO ÀS SUAS EMENDAS PARLAMENTARES INDIVIDUAIS SE ABDICAREM DE SUA INDEPENDÊNCIA E LIBERDADE DE OPINIÃO E VOTO.

Por RICARDO MURAD - Matéria de hoje, 27 de junho, publicada no jornal O Estado do Maranhão, mostra como o governo age em relação aos deputados de sua própria base de apoio como com aqueles de oposição, que na eleição para a composição da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa acertaram com o governador num jantar na residência do então candidato Humberto Coutinho, respeito e igualdade na distribuição das emendas parlamentares e recursos equivalentes para aqueles que não eram deputados, portanto sem emendas aprovadas no orçamento de 2015. O objetivo era assegurar a eleição do aliado de Caxias a todo custo. Exceção apenas da deputada Andrea Murad que se lançou candidata à presidência da Assembleia para denunciar a intervenção indevida do governador no Poder Legislativo, e o deputado Sousa Neto, que deu a ela o seu voto marcando também sua posição contrária a esse abuso, como se já estivessem antevendo o que viria acontecer e que agora se comprova.

Os deputados da base do governo: Wellington do Curso, Zé Inácio, Cabo Campos e Júnior Verde, somados aos deputados Edilázio Júnior, Adriano Sarney e Nina Melo, que garantiram o acordo para a eleição de Humberto Coutinho, tiveram os seus recursos para o São João, maior festa popular do Maranhão, retidos pelo governo porque votaram a favor do requerimento do deputado Adriano que pretendia trazer para reforçar o nosso sistema de segurança policiais da Força Nacional. Esse comportamento de Flávio Dino só não foi surpresa para a deputada Andrea, que após a votação do requerimento avisou aos deputados do governo que seriam retaliados. Dito e feito.

Mas, o grave disso tudo, é a constatação de uma prática que venho denunciando desde o início do governo que precisa ser combatida por todos aqueles que não aceitam um estado único, de exceção, onde os cidadãos perdem o direto de opinião, são privados pelo medo do maior de seus direitos que é o de viver com liberdade, sem temer seus governantes. A denúncia que a deputada Andrea fez contra o secretário Márcio Jerry, de Articulação Política, é tão séria que já mereceria do governador, se ele não fosse o mentor dessa postura, o afastamento imediato dele da secretaria. A deputada denunciou o crime do uso do dinheiro público para manipulação e cooptação de apoio na Assembleia num esquema igual ao mensalão do Congresso Nacional.

O deputado Sousa Neto com os demais integrantes da Comissão de Segurança da Assembleia têm dado significativa contribuição para melhorar o trabalho na área da segurança pública, mas o governo faz questão de ignorar  as sugestões que apresentam.

Espero que isto sirva para uma reação dos parlamentardes e de todos as pessoas que não aceitam restrição à liberdade de quem quer que seja, porque isso é só o começo.

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Saúde é coisa séria

Por RICARDO MURAD - Médicos denunciam queda na qualidade do atendimento das Upas e pedem apoio do Sindicato. A falta de profissionalismo e competência da equipe nomeada por Flávio Dino para dirigir a rede de saúde estadual está patente. É um fato e o governador precisa intervir. Ela não tem capacidade para manter o padrão no atendimento que implantamos e não consegue encontrar saídas para evitar a queda na qualidade dos serviços.

O próprio Flávio Dino reconheceu, numa entrevista a uma rádio de São Luís, que os serviços tiveram uma queda e que estavam trabalhando para resolver. Só que resolveram apenas com palavras, sem a intervenção necessária tudo vai piorar.

Leiam atentamente a carta dos médicos dirigida ao Sindicato da categoria pedindo intervenção para evitar uma catástrofe. Humildade, reconhecer erros e buscar acertos são qualidades necessárias e primordiais para todo gestor que se preza. E parece que falta isso ao governador e seu companheiro Márcio Jerry. A Rede de Saúde está cheia de parentes dele em cargos de direção sem que essas pessoas tenham o conhecimento técnico necessário ao desenvolvimento de suas atividades.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Deu na Câmara!!!

Câmara aprova Projeto de Lei que aplica aumento de salário para os Profissionais do Magistério da Rede de Ensino Municipal de 10,73%

Por IDALGO LACERDA - Em sessão plenária bastante acalorada, realizada nesta quinta-feira (25), durante o Expediente Ordem do Dia. Com abstenção da Oposição, o Pleno da Câmara aprovou por 7 votos o Projeto de Lei de nª 018/2015, que aplica aumento de salário para os Profissionais do Magistério da Rede de Ensino Municipal de 10,73%.

Sobre o que fora dito pelo obcecado e fracassado bloco de oposição na sessão passada que não votaria a favor de forma alguma no aumento concedido aos Profissionais do Magistério pela Prefeita Teresa Murad (PMDB).

Desta vez, os vereadores oposicionistas tentou plantar chifres na cabeça de cavalo, ora comandado pelo mentiroso vereador Diogo Gonçalves (PT) que criou repentinamente o álibi de emendar e condicionar o voto do bloco oposicionista mediante ao acréscimo de reajustes retroativos aos quatros meses iniciais do ano em curso.

No entanto, o aumento aplicado de 10,73% autoriza que seja somente estendido à classe de forma retroativa, a partir de 01 de junho de 2015. O que implica dizer que, os Profissionais do Magistério passam a receber o aumento, agora, creditados no dia 30 de junho, próxima terça-feira em seus contracheques e depositados em suas contas correntes em suas respectivas agências pagadoras.

Uma vez que, o intento dos contrários por não ter conseguido o seu objetivo de aventurar junto à Mesa Diretora da Casa. Os cinco vereador de oposição decidiram abster-se da votação favorável ao aumento aplicado aos Profissionais do Magistério da Rede de Ensino Municipal.

Enfim, ressaltamos aqui o brilhante trabalho empreendido pelo vereador RibaMaia (PSC), o Líder de Governo, que consegui a tempo junto com a bancada governista aprovar o aumento aplicado aos salários dos Profissionais do Magistério, que passam assim a ter um ganho real acima da média do Piso Salarial Nacional de 30,51%.

O que para a oposição de Coroatá não deixa de ser um motivo a mais para esturrar e berrar feito bezerros desmamados e aos prantos e, que de certa forma inconsoláveis debaixo de um  baita burro. Pois, não admitem de jeito algum que esse aumento seja pago aos Profissionais do Magistério, o que  na incutisse dos vereadores oposicionistas seria um reajuste. Ou seja, o que é diferente de um aumento!!!

Mais uma maldade do G10: Coroataenses se preparam para dizer adeus ao Viva Cidadão!!!

Por IDALGO LACERDA - As maldades que o povo de Coroatá vem sofrendo é quase inacreditável! Dessa vez, a maldade mais recente é o fechamento e a transferência do Viva Cidadão que será levado para a cidade de Codó.

Segundo as informações obtidas pelo titular desse blog, a transferência do Viva Cidadão para Codó é um pedido feito da Associação Comercial daquele município, ou seja, os fins não justificam os meios. Isto é, o Governador Flávio Dino é quem determinou a transferência, a fim de desqualificar e desseguir os coroataenses!!!

O Governador Flávio Dino está apenas usando o nome da Associação Comercial para tentar livrar-se e blindar-se atrás da medida peçonhenta que é a de perseguição, ora adotada por ele mesmo contra o povo de Coroatá. O fato é que é uma determinação que partiu do próprio Governador Comunista.

O Secretário de Ação Social do Estado do Maranhão e, ao mesmo tempo, deputado Estadual Neto Evangelista (PSDB), que obteve em Coroatá cerca de 1062 votos, cujo principal cabo eleitoral é o vereador Cássio Reis (PSDB), quando fora procurado para dar as devidas explicações ao grupelho político G10. Resolveu esconder-se e não atendê-los sempre dando desculpas esfarrapadas através de seu assessor que estava em reunião. Só mentira!!!

Para isso o famigerado G10 foi até a Capital, São Luís e voltou de lá com as mãos abanando. Tudo isso ocorrera durante o dia de ontem, terça-feira (23).

À prova maior é que esse grupelho G10 não manda nem buzina no atual Governo comunista. É apenas um rótulo inconfiável e que vive a enganar o povo de Coroatá.

A perda do Viva Cidadão é uma perda irreparável para o cidadão coroataense. Foram anos e anos de luta incansável do então deputado Estadual Ricardo Murad (PMDB) junto ao Governo do Estado, que lutou de forma relutante para que o município viesse a ter seu merecido destaque entre os 217 municípios maranhenses.

Mas agora, o grupelho político G10 que diz ser o verdadeiro representante político junto ao Governo Comunista demonstra fraqueza e à falta de prestígio junto ao Governador Flávio Dino (PCdoB).

A situação das pessoas idosas, cadeirantes, crianças e jovens que tanto necessitam desses serviços públicos prestados pelo referido órgão, que tinham em nossa cidade essa comodidade. O que agora sairá de forma mais cara do que se imagina. Quando terão que fazer os seus deslocamentos, arcando com as despesas para ir e vir a cidade de Codó e, ainda, arriscando-se suas próprias vidas e não serem atendidos devido a vários fatores e motivos circunstanciais! Cujas despesas poderão sair pelo quíntuplo da despesa se aqui permanecesse o Viva cidadão!!!

Quem desejar e quiser fazer, solicitar, requerer qualquer tipo de serviço público prestado pelo Viva Cidadão quanto à emissão de documentos, que trate logo de realizar, pois, segundo as informações, o referido órgão cerrará as suas portas em definitivo, a partir de 04 de julho próximo. Toda a logística de pessoal que prestava serviços pela empresa terceirizada no Viva cidadão já assinou a rescisão contratual trabalhista! Quer dizer, estão desempregados, no olho da rua!!!

Outro detalhe: Quem deve ficar também no prejuízo que é o de menos, será o proprietário do prédio, onde funciona o órgão. O Governo do Estado deve para o proprietário cerca de seis meses de aluguel que encontra-se em atraso, desde que o Chefão Comuista assumiu o comando do Estado. Perfazendo assim, um total de R$ 12.500, 00 (Doze Mil e Quinhentos Reais). Esse é o valor dos aluguéis a serem pagos ao empresário Chico do Bena!!!

Enfim, aí está mais uma maldade do grupelho político G10 que quer tanto bem o município de Coroatá e, que agora, o nosso município volta de marcha ré à época da Idade da Pedra lascada!!!


Enquanto isso... O Representante de Articulação Política para a Região dos Cocais, não sabe se assa tijolos e telhas, ou se zela pelo seu prestígio político que cada vez mais torna-se decadente!!

Cadê o carrão preto?

Arquivo/Do Blog
Por CARLOS FILHOA imagem do tempo da impunidade. É a imagem que nos remete para o tempo da repressão e do (des)Governo do ex-prefeito Luís da Amovelar (PT), dos Amovelistas que censuravam a imprensa coroataense, que mandavam quebrar equipamentos de repórter, que invadiam emissora de TV no Município. O Governo dos vândalos, dos jagunços e malfeitores que expulsavam jornalistas de seu local de trabalho... O mesmo povo cego e apaixonado pelo "comunista" Flávio Dino e seus seguidores... Que sonhavam arrancar Teresa Murad do mandato...

Esse foi um carro roubado e utilizado durante processo eleitoral pelo vereador tucano Francisco Cássio dos Reis Conceição. Prova material abandonada, no pátio da ex-Delegacia de Polícia Civil de Coroatá, que o tempo corroeu. Mas, que desapareceu? Trata-se de um Chevrolet, modelo Corsa Sedan, cinco portas, placa HPS – 0609 de São Luís/Ma.

Estranho, não? Esta é a demonstração de que a força do poder político imperou nos tempos da Coroatá que o Povo Faz. E fica um questionamento: Como esse povo, os aliados incondicionais dos "comunistas", aparecem agora pousando de cidadãos honestos?

Atualizando a história do Carrão Preto. Ela arrasta-se desde 2005, sem solução para o misterioso caso. Aposta-se na falta de interesse dos poderes constituídos para tal fim. O veículo ficou depenado, sucateado. Entrou e saiu delegado de Polícia Civil e nada foi desvendado.

A polícia do Maranhão não conseguiu resolver o roubo deste veículo! O proprietário ficou com o prejuízo; nunca foi encontrado. Será que o processo fora arquivado? Informações extraoficiais dão conta de que o arquivamento teria sido feito pelo magistrado Alexandre Lopes de Abreu.

© Copyright 2008 - Idalgo Lacerda.